• JáPassei Educação

Como diminuir o estresse durante a rotina de estudos?



Olá concurseiros JÁPASSEI!


É bastante natural que, ao encarar uma rotina pesada de estudos para uma prova que está por vir, passemos a sentir, física e mentalmente, os sintomas do estresse. O desgaste do corpo, causado por longas horas seguidas de estudo, unidos à ansiedade, pressão (própria e vinda de terceiros) pela aprovação e receio de não dominar o conteúdo podem levar a uma queda de rendimento e a efeitos negativos na saúde, que de forma alguma serão bem-vindos nessa fase.


Para impedir que o estresse atrapalhe na preparação, é importante atentarmos, acima de tudo, aos nossos limites.


Enquanto para alguns candidatos pode parecer natural estudar de 8 a 10 horas por dia, para outros tal rotina é impensável – e não há nada de errado nisso! Assim, de nada adiantará elaborar um cronograma abrangendo longos períodos de estudos que, ao final, não será cumprido. Pode até ser que se consiga seguir nessa rotina por alguns dias ou semanas, porém, mais cedo ou mais tarde, os sinais de cansaço aparecerão, e além de ter que lidar com eles, haverá ainda a frustração por não haver conseguido seguir o programa proposto. É preferível então observar qual seu limite pessoal, possível de ser seguido de maneira saudável.

Outra questão diretamente ligada a isso é o sono. Muitas pessoas, por opção ou necessidade, trocam horas de sono pelos estudos, aproveitando a madrugada para ler, resolver questões e fazer revisões. Muitos alegam que, por ser um horário mais tranquilo, silencioso, conseguem se concentrar melhor. Mais uma vez, é o limite pessoal de cada um que vai ditar os prós e contras desse tipo de escolha, mas a importância do sono no processo de aprendizagem é comprovado, inclusive, cientificamente (veja mais em http://info.geekie.com.br/sono-e-aprendizagem/).


Mas, e quando a ansiedade e preocupação afetam justamente as horas de descanso? É bastante comum que, após estudar, por mais cansados que estejamos, não consigamos nos desligar do conteúdo, ou passemos a divagar a respeito de situações ligadas à prova. Neste caso, algumas estratégias de relaxamento na hora de ir para a cama são sempre desejáveis. A primeira e mais comum é tomar uma boa xícara de chá – o calor da bebida, atrelado às propriedades de algumas ervas (como a camomila, indicada por proporcionar efeitos de relaxamento) certamente trarão uma sensação de aconchego e ajudarão a pegar no sono com mais facilidade.

Outra opção muito interessante é a meditação guiada. Existem diversos canais no YouTube (como o Yoga para Você) que trazem vídeos curtos orientando a prática de meditação, principalmente para auxiliar no relaxamento e limpeza da mente. Alguns aplicativos para celular, como o Lojong, Calm e o Sattva também oferecem essas práticas.


Ouvir uma música calma também auxilia bastante na hora de relaxar. Fazer uma playlist com seus estilos e cantores favoritos pode ser muito bom para tirar um tempinho consigo mesmo e se agradar na hora de dormir. Alguns aplicativos de música oferecem também playlists com os chamados “ruídos brancos” – sons simples como o da chuva, do correr de um rio, do fogo crepitante – que ajudam bastante na hora de relaxar.


Por fim, a aromaterapia também pode coadjuvar na hora do descanso. Perfumar levemente as roupas de cama com aromas relaxantes, como a lavanda, auxiliam no momento do repouso. Podem ser utilizados também óleos essenciais e difusores, que criam uma atmosfera bastante agradável no ambiente, induzindo ao sono.

Após uma boa noite de descanso, com corpo e mente revigorados, algumas estratégias também podem ser adotadas durante os estudos para manter a disposição e o ritmo. Alimentar-se bem, evitando fast-food e industrializados é uma dica nem sempre fácil de seguir, mas que certamente faz a diferença para o corpo. Quanto mais nutrientes de qualidade forem ingeridos durante o dia, melhor seu corpo irá responder. E vice-versa!


Também é bastante válido incluir atividades físicas na rotina, ainda que seja uma simples caminhada de 30 minutos, algumas vezes por semana. Tirar o foco dos estudos por um curto período também pode ajudar a voltar mais concentrado e mais disposto. Além disso, hidrata-se, alongue-se e respire. Quando a leitura passar a ser maçante e o cansaço começar a baixar, tome um copo de água, levante da cadeira para alongar o corpo e faça exercícios de respiração por alguns minutinhos.


Finalmente, dividir suas experiências com outros candidatos sempre auxilia na motivação e auto-estima. Conversar e compartilhar seu momento, principalmente com pessoas que estejam passando por uma situação semelhante, é sempre uma boa forma de aliviar a ansiedade. Ao invés de concorrentes, outros candidatos podem ser vistos como aliados, oferecendo ajuda e suporte mútuos.

Sabemos que o caminho para a aprovação nem sempre é fácil, mas com alguns ajustes podemos fazer com que ele seja um pouquinho menos difíceis. E jamais podemos esquecer que, ao final, tudo terá valido a pena!


Bons estudos a todos!


37 visualizações
youtube (1).png
social-media.png
facebook (1).png

Receba GRATUITAMENTE nossos conteúdos exclusivos e notícias sobre novos concursos!

2020 © JáPassei Educação.               Todos os direitos reservados.             CNPJ 24.052.035/0001-32