• JáPassei Educação

Concursos Para Professores: Como Se Preparar

Concursos voltados especificamente para professores são ofertados em grande parte dos municípios brasileiros. Normalmente, dividem-se de acordo com a necessidade das escolas de cada cidade, podendo ser de Nível Infantil, Fundamental e Médio.


Os concursos para professores diferenciam-se dos demais pela grade curricular exigida e pela formação do candidato, que deve estar preparado para sua área de atuação, já que tais concursos costumam ter uma parte direcionada às disciplinas específicas de cada formação. A realidade docente também é um âmbito que precisa ser analisado, já que costuma integrar este tipo de avaliação. Outro item importante a ser destacado é a avaliação de títulos, ou seja, comprovações de experiências docentes, cursos, pós-graduações, mestrados, especializações, etc. Tais itens podem levar o candidato a adquirir mais pontos na classificação ou serem exigidos para o cumprimento do exercício. Ler o edital é essencial para obter tais informações.

Para ajudar você, professor, a se preparar para um concurso deste âmbito, nós do JáPassei preparamos algumas dicas bem específicas. Boa leitura e mãos-a-obra!


1. Não deixe de estudar, nem mesmo os conteúdos de sua área


Grande parte dos concursos para professores exigem apenas a formação no cargo específico. Por exemplo, se o candidato é formado em História, já está apto a prestar concurso para esta vaga, a qual terá uma prova com essa disciplina como parte fundamental.


O que acontece sobre isso, é que muitas pessoas já estão trabalhando como docentes na área e acabam cometendo o erro de simplesmente não estudar para a disciplina específica, por confiarem que estão totalmente integradas a ela. Lembre-se de que cada edital traz conteúdos específicos daquela matéria, então, podem existir alguns que não fazem parte da sua rotina escolar. Ler o edital, observar o que realmente vai cair na prova e dar ênfase a estes conteúdos é, portanto, fundamental.



2. Organize seus estudos


É quase impossível passar em um concurso público sem organizar o tempo destinado aos estudos. Pense bem: Quanto tempo você dedica diariamente ou semanalmente aos estudos? Faça um cronograma, delimite quantas horas destinará ao edital para cobri-lo (inclua estudos, atividades, simulados e revisões). Organize seu tempo para abraçar os estudos. Na escola, dividiam nossos dias em horários destinados a cada matéria. Tente fazer algo parecido: Segunda e quarta: Disciplinas específicas; Terça e quinta: Matemática. No sábado, revisão! Etc. Estipular momentos específicos para o estudo faz com que a mente assimile a ideia e aumente o foco no que se está fazendo.


3. Observe as provas e questões dos anos anteriores para o cargo que quer prestar


Como dito na introdução, muitas pessoas que prestam concursos para professores acreditam que sua área de formação não precisa ser estudada, uma vez que estão trabalhando diariamente com aquilo. Porém, é muito importante analisar como a banca que organizará o concurso trabalha com aquela disciplina. Primeiro, é importante analisar os conteúdos no edital; e segundo, é também fundamental verificar como estes conteúdos aparecem em cada banca. Há apenas questões objetivas ou também dissertativas? Há questões de interpretação, de verdadeiro ou falso, de compleição de lacunas? Como é a linguagem da prova, rebuscada ou mais cotidiana? Enfim, analisar e fazer estas provas não apenas ajuda a entender melhor a banca, como também, serve de preparação, já que se estará estudando.

4. Se puder, adiante alguns autores


As provas direcionadas ao Ensino Básico normalmente são ofertadas para pedagogos. Nestas provas, além das disciplinas básicas de Português, Matemática e Legislação, também há uma parte destinada ao conhecimento sobre obras de autores que analisam a alfabetização e o desenvolvimento infantil, bem como, a educação de forma geral. Tais autores constam no edital, sendo apresentada também a obra que deve ser analisada, bem como os capítulos desta. Porém, ainda que bem especificadas, as listas costumam ser extensas. E ter acesso e conseguir ler todo o material muitas vezes é impossível.


A dica é analisar editais de provas anteriores o mais cedo possível, bem antes de o seu edital ser lançado. Há autores, como Paulo Freire, por exemplo, que quase sempre constam em editais de PEB. Ler (e entender) estes livros que sempre são cobrados com antecedência ajuda bastante, pois dará tempo extra para que você veja os autores que serão inclusos no novo edital quando este for publicado.



5. Lembre-se de que muitas bancas e órgãos cobram questões dissertativas


Como dito antes, grande parte dos municípios realizam frequentemente concursos para professores de todos os níveis e disciplinas. Tais provas, mesmo que em locais ou bancas diferentes, costumam seguir uma linearidade, ou seja, há itens que não apresentam muitas mudanças.


Um deles é o número e o tipo de questão, já que normalmente trata-se de 50 questões no formato múltipla escolha. No entanto, vale acrescentar que muitas bancas e instituições também cobram questões dissertativas, ou seja, questões em que o candidato terá que escrever uma redação ou algumas respostas com número de linhas determinado. Normalmente, tais questões ou redação envolvem algum autor anunciado no edital ou alguma vivência escolar, como uma situação hipotética que deverá ser resolvida pelo candidato. Para estas questões, é muito importante não apenas conhecer o assunto, mas ter noções de coesão, coerência, pontuação, gramática e interpretação. A dica é o treino com provas anteriores. Verificar quais são os aspectos cobrados pela banca e tentar escrever os textos que foram pedidos anteriormente é uma forma de trabalhar a escrita e criar seus próprios mecanismos de elaboração textual.


Como visto, os concursos para professores possuem itens bem específicos. No entanto, apesar do grau de dificuldade, vale ressaltar que normalmente eles apresentam um grande número de vagas e são bastante frequentes. Sabendo disso, que tal começar a se preparar agora mesmo?


Bons estudos!

149 visualizações
© JáPassei - Cursos Preparatórios
  • Blog - JáPassei
  • Facebook - JáPassei
  • Instagram - JáPassei