• JáPassei Educação

Erros Comuns (e evitáveis!) Na Interpretação De Textos

Se tem uma coisa certa no âmbito dos concursos é que, em um edital que cobra Língua Portuguesa, haverá questões de Interpretação Textual. Esse conteúdo deixa muitos concurseiros bastante preocupados, uma vez que não existem muitos macetes para facilitar o entendimento, assim como há em outras partes da Língua Portuguesa.


Sobre isso, de acordo com os professores de Língua Portuguesa do Já Passei, a leitura está totalmente atrelada à interpretação – quanto mais você lê, melhor você interpreta. Então, tente incluir a leitura no seu dia a dia. Vale livros, jornais, revistas, crônicas, enfim, o ideal é buscar materiais o mais diversificados possíveis.


Outro exercício recomendado- e associado- é assistir a vídeos, filmes, ler textos curtos e etc. e em seguida tentar fazer um resumo do material visualizado – faça de conta que está explicando para alguém! Dessa forma, fará com que seu cérebro se acostume com a ideia da interpretação.

Mais adiante, faremos um post observando outros exercícios para tornar a interpretação algo mais palpável e fácil de se fazer. Por hoje, traremos dicas associadas a erros comuns em relação a questões desse tipo – principalmente relacionadas a alternativas de questões de interpretação de textos.

1. Contradição


Normalmente, ao ler um texto, você verá mais de uma pergunta relacionada a ele. E cada questão conta com cerca de quatro ou cinco alternativas de respostas, dependendo da banca. A contradição ocorre quando uma alternativa traz uma ideia totalmente diferente do que estava exposto no texto. Ou seja, é uma alternativa que será eliminada logo de cara!


2. Extrapolação


Muitas vezes, você vai se deparar com uma alternativa que trará termos e ideias que nem sequer foram citadas no texto. Isso se chama extrapolação, e também é uma alternativa que deve ser eliminada rapidamente. Claro que todo texto possui ideias explícitas – as que estão óbvias, e implícitas – as que estão nas entrelinhas. Porém, a extrapolação vai além: adiciona elementos que fogem da temática do texto lido ou aumentam uma informação que lá estava.


3. Redução


Enquanto a contradição traz ideias opostas às que foram apresentadas e a extrapolação aumenta o conteúdo textual, a redução simplifica. Em outras palavras, uma alternativa reducionista será aquela que transformará um ponto simples do texto – como um exemplo citado, em algo grandioso, como se aquilo fosse a ideia central de todo o texto. Cuidado com esse tipo de alternativa, busque sempre aquela que lhe parecer mais completa!


4. Desatenção


Esse erro, diferente dos demais, está mais associado ao enunciado do que às alternativas. Assim como é imprescindível dar total atenção à leitura do texto, também é preciso fazer o mesmo em relação ao enunciado de cada questão. Palavras como – correto, incorreto, exceto, respectivamente, verdadeiro, falso – fazem toda a diferença na busca pela resposta certeira. Muitas vezes, por não lermos o enunciado com atenção, perdemos um bom tempo tentando encontrar uma alternativa que não existe. Ou, pior ainda, erramos a questão por simples descuido.


Então, foco nos enunciados! Cada palavra que está lá foi posta por algum motivo e todas estão relacionadas à busca pela resposta correta.


No mais, tente ver a interpretação textual como algo muito positivo; afinal, que outras questões apresentam as respostas na própria avaliação? ;)


Bons estudos!

75 visualizações
© JáPassei - Cursos Preparatórios
  • Blog - JáPassei
  • Facebook - JáPassei
  • Instagram - JáPassei