• JáPassei Educação

Por Que Algumas Pessoas Não Conseguem Passar Em Um Concurso?



A busca pela aprovação em um concurso público é um sonho para muitas pessoas. No entanto, muitas relatam que não obtêm êxito, ainda que se esforcem para cobrir os editais. Você se encaixa neste grupo? Venha com a gente e conheça os fatores que podem estar atrapalhando seu desempenho.


Em primeiro lugar, é necessário ter consciência de que assimilar conteúdos não estudados há anos não é algo que pode ser feito rapidamente. Afinal, quantas pessoas você conhece que foram aprovadas de primeira, mesmo sem estudar muito? Até estudantes totalmente aplicados podem levar algum tempo para conseguir a aprovação.


Então, se você está no grupo dos que fizeram um concurso e não conseguiram uma boa colocação, não se desespere, leve isso como uma lição do que deve ser mudado em relação ao seu preparo para a próxima prova. Reflita sobre questões como: Estou de fato evoluindo? O que posso afirmar que fiz de certo ou errado?

No entanto, se você sente que não está cometendo o equívoco de estudar pouco e em cima da hora, observe os tópicos abaixo e analise se talvez não esteja cometendo algum dos erros descritos.


  • Você está fazendo igual a (quase) todo mundo?

Pelo alcance e vantagens dos concursos públicos, claro que a concorrência costuma ser bem alta. Quem passará, logo, é quem se destaca ou se diferencia.


Imagine que o concurseiro padrão irá simplesmente comprar bons materiais ou entrar em um cursinho que lhe foi recomendado e apenas esperar que, estando cerceado destes itens, irá se sair bem. Esse é um grande erro, que vai provocar uma cadeia de frustrações caso não seja solucionado.


Você precisa sair na frente. Não dependa exclusivamente de seu cursinho ou de seus materiais, busque por provas anteriores e resolva quantas questões puder, principalmente aquelas de matérias ou conteúdos que comumente lhe parecem difíceis.


Os órgãos estão sempre buscando por pessoas qualificadas e diferenciadas, e o concurso é uma forma de eles saberem quem tem perfis assim para ocupar as vagas. Porém, mostrar-se diferenciado começa ainda no momento da preparação.



  • Qual o nível de seu material de apoio?

Que a preparação é o maior diferencial em relação à aprovação, você já sabe. Portanto, se caso perceber que seus materiais não estão transmitindo totalmente o que você precisa para passar, é hora de trocá-los ou atualizá-los. Os materiais precisam estar em sincronia com o edital.


Quando se faz um bom cursinho, normalmente o material já é muito bom, visto que foi preparado por professores que estão sempre analisando o que cada banca costuma cobrar com mais afinco. No entanto, se você estiver estudando por conta, não adianta muito baixar qualquer apostila da internet e contar apenas com ela.


Há muitos materiais à venda. Tente buscar informações em grupos de concurseiros (comuns em redes sociais) e faça este investimento, se for possível.


  • Você está realmente dando o seu melhor em relação a tempo de estudo?

Imagine a situação: Chega o fim de semana e você promete para si mesmo que irá se dedicar. Acorda tarde no sábado, vai à praia, chega cansado, descansa, sai à noite, volta tarde... acorda tarde no domingo, vai enrolando, pede pizza, assiste Faustão. Lá pelas 19 horas vai pegar os livros para estudar e faz isso em frente à TV ligada, desistindo dali a pouco tempo. Acha mesmo que isso vai levá-lo (a) a uma aprovação? Sem chance.


Quando alguém diz que “estuda muito”, a ideia que passa é de que a pessoa realmente dedica um percentual de seus dias para fazer isso. Com hora e lugar marcado. Com pausas, com organização, com revisão.


O estudo precisa ser tão levado a sério quanto o trabalho. Se não for assim, na verdade, só está se fingindo que estuda.


Leia nossos posts anteriores sobre organização de estudos, neles há muitas dicas de como montar um cronograma e alcançar o êxito. Lembre-se sempre de dar mais ênfase ao que gerará mais pontos e também ao que gera mais dúvidas ou dificuldades. Seja o diferencial!



  • Você tem mente de vencedor?

Existe um termo denominado “inteligência emocional”, que se relaciona às pessoas que conseguem identificar suas emoções com mais facilidade, e claro, dominá-las. Um indivíduo emocionalmente inteligente consegue se automotivar, é capaz de controlar seus impulsos e consegue seguir em frente mesmo diante de frustrações e desilusões.


Como isso tudo se relaciona a uma prova de concurso? Em vários aspectos. Primeiro, em relação à ansiedade, que acaba atrapalhando muitas pessoas no momento de estudar e de fazer a avaliação; segundo, em relação à motivação. Muitas vezes não é fácil se manter entusiasmado para estudar, e é a inteligência emocional que consegue fazer com que a pessoa enxergue situações assim como desafios a serem cumpridos.


Por último, a inteligência emocional também faz com que os indivíduos sempre realizem ações acreditando que elas surtirão resultados positivos. Uma mente positiva e grata ajuda muito mais do que reclamar ou se fazer de vítima. Você acredita de fato que vai ser aprovado ou está naquelas de “seja o que Deus quiser”?


Confie no seu potencial, busque sempre a inteligência emocional e tenha mente de vencedor!


Esperamos de coração que nossas dicas o aproximem cada vez mais da aprovação. Nunca deixe de refletir e buscar a excelência.


• CURSO REGULAR - QUERO PASSAR


A escola JáPassei possui um curso regular chamado Quero Passar, a proposta é que o aluno obtenha domínio das disciplinas de base (Língua Portuguesa, Matemática, Informática e Raciocínio Lógico) e possa seguir sua jornada de concurseiro, com foco nos “concursos de entrada”. Acesse nosso site para saber mais sobre o curso e fazer sua matrícula para a próxima turma:

Bons estudos!

73 visualizações
© JáPassei - Cursos Preparatórios
  • Blog - JáPassei
  • Facebook - JáPassei
  • Instagram - JáPassei